5 dicas de como melhorar o fluxo de laudo para você aplicar já!

Voltar para Blog

Compartilhar

Categoria: Blog

O bom desempenho na concretização de diagnósticos, sobretudo nos casos baseados em imagens, requer melhorar fluxo de laudo. As vantagens podem ser muitas com a adoção das medidas pertinentes.

Nesse sentido, pode-se considerar uma melhoria na produtividade e na qualidade dos serviços, assim como redução nos custos envolvidos e nas ocorrências de erros. Para isso, algumas iniciativas devem ser tomadas.

Continue lendo este post e veja cinco dicas de como melhorar o fluxo de laudo da sua clínica.

1. Simplifique os processos e mantenha-os bem definidos

Os diversos procedimentos que envolvem a produção de um laudo precisam ser organizados em processos simples e bem definidos. Quando cada passo está claro, sua realização é bem mais segura e com menos erros.

Faça uma boa análise de todos os processos, identifique os gargalos e os pontos em que podem ocorrer dispersão. Às vezes, um pequeno detalhe consome um tempo significativo.

Com isso, cada colaborador envolvido realiza sua respectiva atividade com mais segurança e maior facilidade. O final é um fluxo livre e mais eficiente.

2. Automatize os processos

Os principais processos e aqueles mais rotineiros devem ser automatizados. Com a utilização de um sistema de gestão, organiza-se as atividades, e a dependência de pessoas fica reduzida, assim como sua natural suscetibilidade.

Dessa forma, todo o trabalho pode ser otimizado. Além disso, aumenta a precisão e a organização dos processos, assim como sua possibilidade de integração.

Nesse sentido, considere, por exemplo, os cálculos de dosagens ou de concentrações químicas feitos de modo automatizado: resultam em menor possibilidade de erros e maior celeridade no processo.

3. Adote um sistema integrado de gestão de clínica

Um sistema integrado de gestão para a clínica é o instrumento ideal, pois organiza todo o negócio. Assim, agenda, prontuário, controle financeiro etc. passam a falar a mesma língua.

Desse modo, a informação de um processo alimenta o outro, e o fluxo fica vinculado à organização do próprio sistema, sem esquecimentos e perdas. Com a integração, todas as etapas componentes do fluxo dos laudos ficam automatizadas.

4. Capacite e treine periodicamente sua equipe

Por melhores que sejam os processos e por mais otimizados que estejam, sua eficiência só será alcançada com uma equipe capacitada. Além da capacitação, o treinamento periódico é imprescindível e vai além do atendimento.

Com isso, as falhas são corrigidas, assim como os ajustes necessários podem ser realizados, resultando em um aprimoramento permanente. O treinamento permite, além de tudo, o condicionamento necessário para a adoção futura de tecnologia ainda mais eficiente.

5. Acompanhe o desempenho por meio de indicadores

A melhor gestão se faz com aquilo que se pode medir. Desse modo, eleja indicadores de desempenho que permitam aferir como o fluxo de laudos está sendo otimizado com as iniciativas tomadas.

Com eles, você consegue acompanhar os progressos e perceber os efeitos da adoção de uma ou outra medida. Para isso, existe uma infinidade de possibilidades, como o número de laudos emitidos por dia ou o tempo médio para a elaboração de um laudo, por exemplo.

Com essas dicas, melhorar fluxo de laudo fica bem mais fácil, e você, pronto para aprimorar sua clínica. Gostou do post? Então, conheça agora os benefícios da adoção do laudo online em sua clínica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog
Open chat