Como tornar-se referência entre profissionais da saúde e pacientes?

Voltar para Blog

Compartilhar

Categoria: Blog

O reconhecimento entre os colegas profissionais da saúde, assim como da parte dos pacientes é uma condição construída. Requer estudo e uma permanente estratégia de aprimoramento pessoal e da atividade desenvolvida.

Não se engane: não se trata apenas de acumulação de conhecimento. É preciso desenvolver uma relação de confiança, investir em tecnologia e trabalhar a própria visibilidade.

Você pode construir essa condição de destaque ao longo de sua carreira. Continue neste post e saiba como tornar-se referência entre profissionais de saúde e pacientes, por meio destas 6 dicas.

1. Invista em especializações

Avançar nos estudos e titular-se como especialista faz parte da construção do status de referencial na atividade. O aprofundamento dos conhecimentos acadêmicos constitui uma base sólida sobre a qual evoluir.

Do mesmo modo, procure manter-se atualizado participando de congressos e encontros técnicos da área. Além disso, incorpore em sua rotina a leitura de revistas especializadas. Este é um hábito que o manterá em dia com o que há de mais moderno.

2. Aprimore a qualidade do seu atendimento

Um bom atendimento envolve uma comunicação eficiente, tanto quanto o respeito e o cuidado adotados na relação com o paciente. Na verdade, trata-se de construir uma relação de confiança.

Uma boa comunicação é capaz de desenvolver a empatia necessária que será reforçada com os cuidados dispensados durante o atendimento. Fazer o paciente sentir-se respeitado melhora a apreciação que terá de seu desempenho profissional.

3. Construa sua visibilidade

Trata-se de realizar investidas construtivas no seu marketing pessoal. Assim, participe de eventos como jornadas e seminários. Considere ministrar uma palestra sobre um tema que você domine.

Tenha um blog e compartilhe conteúdo relevante que envolva o seu trabalho. Leve a sério o marketing digital e não se esqueça das redes sociais, com um perfil estritamente profissional.

4. Compartilhe conhecimentos

Seja reconhecido por compartilhar informações relevantes para pacientes e pessoas interessadas em geral. A mensagem é: ensine e oriente sempre que tiver oportunidade.

Assim, faça uso do blog já citado, assim como das redes sociais com uma página informativa. A orientação correta e segura estimula a confiança no profissional, além de ser um bom incremento na visibilidade.

5. Saiba escutar os pacientes

A interlocução com pacientes e seus familiares reforça de modo intenso as relações e a segurança. Compreende uma boa capacidade de se comunicar, mas, sobretudo, de ouvir.

Dessa forma, saber escutar as pessoas envolvidas em uma consulta, exame ou tratamento deve ser um cuidado permanente. Mas considere escutar e ouvir, de fato, a mensagem que esteja sendo passada, mais que simplesmente as palavras que são ditas.

6. Leve em conta a tecnologia

Saúde e tecnologia andam de mãos juntas há um bom tempo. Por sua vez, algumas especialidades evoluem diretamente relacionadas à tecnologia desenvolvida. Com isso, surgem novas formas de diagnóstico, tratamentos mais precisos e com menos riscos para os pacientes.

O mesmo pode ser dito em relação à administração do seu consultório ou clínica. Assim, além dos equipamentos referidos, softwares especializados em gestão facilitam os cadastros, o registro das consultas e a comunicação com os pacientes, entre outras habilidades.

Com essas dicas, você terá um bom ponto de partida para se tornar uma referência para profissionais da saúde e pacientes.

Este post foi interessante para você? Compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais e divida com eles essas dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar para Blog
Open chat